Fraude

5 tendências de prevenção a fraudes

Artigo de Serasa Experian, 19 de Junho de 2017

Problemas envolvendo fraudes de documentação de forma global sempre existiram, mas, de algum tempo para cá, essa prática tem afetado não só pessoas físicas (como era de maior costume), como também pessoas jurídicas, de modo que as organizações também passaram a temer bastante o problema.

Supostas empresas fraudadores de CNPJ elaboram até mesmo sites completos e uma verdadeira “estrutura” por trás de golpes, com isso fraudam consumidores, prejudicando os verdadeiros donos da documentação— e esse é apenas um exemplo, puxado pelas facilidades da internet.

"Isso mostra como estão grandes e ousadas as proporções desse tipo de crime, chamando a atenção de todo o mercado para maiores cuidados."

Evidentemente uma descoberta destas criará um processo judicial, longo e maçante, prejudicando muito a empresa até que finalmente sua inocência seja comprovada.

Claro que ninguém quer o nome de sua empresa envolvido em algum escândalo ou ter de enfrentar dores de cabeça para provar que não teve controle sobre o problema e absolver a documentação e reputação da empresa de danos maiores, preservando sua saúde legal e os negócios.

Por isso, aumentar a segurança e vigilância em torno do CNPJ é de suma importância. Veja a seguir como monitorar a empresa e se prevenir de fraudes no seu CNPJ:

1- Saiba dos riscos e busque soluções

O primeiro passo para que sua empresa se veja o mais protegida possível contra fraudes é não negligenciar o risco existente, entender o cenário presente da organização e do ambiente corporativo e ter em mente possíveis “portas” pelas quais uma fraude pode ocorrer, sempre buscando soluções aos riscos que está exposta.

Como medida geral, cabe sempre acompanhar a situação do CNPJ da empresa junto à Receita Federal, mas também é imprescindível buscar ferramentas de prevenção de fraudes, mais tecnológicas e completas para sua empresa..

Além das formas tradicionais de fraude, hoje temos ameaças de outros tipos e as soluções precisam ser alinhadas aos riscos reais do momento vivido para que a empresa não prejudique seu desempenho e fluidez de processos e ao mesmo tempo consiga proteger-se com bom nível de segurança.

A capacidade de proteção, em outros termos, tem de acompanhar também a velocidade dos processos de fraudes (hoje muito ligados à questão virtual, que permite que grande parte das vezes eles sejam muito mais rápidos e até mais perigosos que antes).

2- Monitore os seus clientes e acompanhe tendências de prevenção a fraudes

Fraudes em relação à empresa podem acontecer em algum ponto da própria cadeia de negócios. É importante conhecer o perfil dos públicos com os quais interage, extremamente importante para segurança.

Por isso, mantenha atenção sobre o perfil de seus clientes e também parceiros de negócio. Assim, você aprenderá a reconhecer com muito mais facilidade uma transação fraudulenta.

É necessário considerar, como abordamos, que hoje os riscos também mudaram impactada pela tecnologia atual, e os procedimentos de prevenção a fraudes precisam acompanhar essa e outras tendências , como indica o estudo global feito pela Serasa Experian.

3- Adote uma solução confiável de Monitoramento

As empresas hoje em dia costumam, naturalmente, reunir uma grande quantidade de dados vinda de variadas fontes e canais pelos quais têm contato com clientes e fornecedores em geral.

No entanto, análises mais amplas com informações que podem prevenir ou criar insights ou ideias para a empresa, muitas vezes dependem de base de dados não só interna e requerem o auxílio de ferramentas para ajudar no maior controle de riscos e também prevenção de fraudes.

Sistemas informatizados que ajudem nessas consultas, reunião e classificação de informações e também controle dos riscos, como o Monitoramento, podem auxiliar bastante na consecução desse objetivo.

4- Aumente seus negócios sem correr riscos de fraude

Soluções de tecnologia, como o Monitoramento, agregam muito nesse processo de levantamento de informações, gerando relatórios mais completos e sempre atualizados do CNPJ de sua empresa ou seus fornecedores, avisando-os por e-mail se houver inclusão de anotações negativas em relação a ele.

Além disso, solução de Monitoramento permite acompanhar em tempo real e online o que acontece com o CNPJ da empresa (e a documentação de até 3 sócios), aumentando muito mais o controle e a facilidade em obter dados, o que pode servir para que a empresa aja prontamente frente a novos riscos de fraude, bloqueando processos que possam tomar maiores dimensões.

5- Antecipe-se as fraudes

Por fim, é necessário que o trabalho para proteger a empresa seja contínuo, sempre integrando dados, ferramentas e expertise para alcançar maiores resultados.

Somente soluções atualizadas com tecnologia de ponta, fornecidas por quem verdadeiramente entende do assunto podem te trazer tranquilidade, apoiando na tomada de decisões mais certeiras com relação ao que deve ser feito.

E então, sua empresa já tem um bom serviço de Monitoramento que pode auxiliar de verdade na prevenção a fraudes?

Clique abaixo e comece a proteger sua empresa agora mesmo!

Monitoramento de CPF e CNPJ Serasa Experian

Serasa Experian
Autor do artigo

Serasa Experian

A maior referência do país no serviço de informações para consumidores e empresas.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Resultado da busca