Recuperação de clientes inadimplentes

Como recuperar crédito? Aproveite o momento de saques do FGTS

Artigo de Serasa Experian, 09 de Fevereiro de 2017

A partir de março, as empresas que estão em busca de reduzir o risco de inadimplência e aumentar as vendas podem ter uma boa oportunidade para isso por conta da liberação dos saques de contas inativas de FGTS. Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de 10 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro de contas inativas até dezembro de 2015 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

O que é uma conta inativa e quem pode usufruir o benefício?

As contas inativas são aquelas que deixaram de receber os depósitos do empregador por extinção ou rescisão do contrato de trabalho.

Para receber o benefício, o trabalhador deve ter sido afastado dos empregos anteriores até 31 de dezembro de 2015. Dessa forma, passa a ter direito de sacar o FGTS quem tem saldo em conta inativa até essa data.

A importância da recuperação de crédito em sua empresa.

De acordo com o Ministério do Trabalho, os saques de recursos mantidos nas contas inativas devem injetar até R$ 30 bilhões na economia em 2017, segundo o presidente Michel Temer.

"Com isso, os consumidores estarão com mais dinheiro no bolso, o que pode representar a possibilidade de as empresas desenvolverem novos negócios ou mesmo repensarem suas ofertas para aumentar as vendas dos produtos."

Essa também é uma excelente chance de planejar a recuperação do crédito. A entrada de uma renda extra permite receber dos inadimplentes com mais facilidade.

O uso das soluções de recuperação de crédito da Serasa Experian, aponta um índice médio de recuperação das dívidas de 42%, sendo que 27,5% das empresas conseguem obter retorno em até 10 dias.

Uma maneira de fazer isso é por meio da Carta de Cobrança, serviço destinado a informar pessoas físicas e jurídicas sobre dívidas não pagas.

Com base nas informações fornecidas pelos clientes, a Serasa Experian envia uma Carta de Cobrança para o endereço do consumidor e/ou empresa devedora, informando a existência de uma dívida não paga (anotação).

O inadimplente tem o prazo de até 10 dias para regularizar sua situação e evitar que a sua anotação seja disponibilizada para o mercado. Portanto, programe-se para recuperar o crédito da sua empresa neste começo de ano e invista da solução certa para ajudá-lo a cobrar seus clientes.

resgate_contas_inativas_fgts

Serasa Experian
Autor do artigo

Serasa Experian

A maior referência do país no serviço de informações para consumidores e empresas.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Resultado da busca