Recuperação de clientes inadimplentes

Quais os metódos de cobrança de inadimplentes mais eficazes?

Artigo de Serasa Experian, 02 de Fevereiro de 2017

Se você está com clientes inadimplentes, provavelmente, a falta de pagamento vem comprometendo o fluxo de caixa da sua empresa. Mas como fazer para cobrar clientes e ter um resultado efetivo?

O primeiro passo é saber que utilizar métodos tradicionais como tentar localizar o credor por conta própria, dificilmente, vai resolver o seu problema.

Isso porque nem sempre sua base de dados está atualizada e o mais importante: fazer cobrança não é o foco da sua empresa, certo?

Diante disso, uma boa alternativa é investir na Carta de Cobrança. Segundo dados da Serasa Experian, o índice de recuperação das dívidas por meio desse método de cobrança chega a ser de 42%.

Por que é vantajoso para empresa utilizar uma ferramenta de recuperação Serasa Experian e não métodos tradicionais?

"Além da alta taxa de recuperação, o valor investido mensalmente é muito mais baixo do que quando se opta pela utilização dos canais tradicionais de contato como as visitas presenciais ou a contratação de call center."

Para ser bem-sucedido com essa prática é preciso saber qual modelo usar diante de cada situação. Conheça as opções oferecidas pela Serasa Experian:

Como fazer uma carta de cobrança ao cliente?

Trata-se de um serviço que localiza e informa pessoas físicas e jurídicas sobre dívidas não pagas.

Após o envio da carta, o inadimplente deverá entrar em contato com a instituição credora em até 10 dias para regularizar sua situação e evitar que a sua anotação seja disponibilizada para o mercado. Veja um modelo da carta.

Carta de cobrança sem negativação

A Carta de Cobrança sem negativação é um modelo padrão utilizado para alertar o devedor sobre a oportunidade de regularização da dívida.

Ao optar por esse serviço, o empreendedor não arca com os custos adicionais com intermediários ou cartório. Isso se torna uma ótima opção para as PMEs (Pequenas e Médias Empresas).

O serviço ainda proporciona respaldo jurídico ao empresário, caso seja necessário comprovar legalmente a exposição da dívida ao mercado.

Carta de cobrança com boleto

A carta-boleto permite a inclusão de um boleto bancário na carta-comunicado enviada no processo de negativação, com objetivo de facilitar e incentivar a regularização do débito pelo consumidor.

O boleto bancário tem o formato padrão da Cnab/Febraban, permitindo fácil adaptação pelos sistemas utilizados pelos clientes no envio das informações para compensação bancária em toda a rede de bancos e via internet.

Segunda carta-boleto

Entre as soluções oferecidas pela Serasa Experian, está ainda a segunda carta-boleto, uma solução que permite o envio de uma segunda comunicação para o cliente inadimplente com dívida ativa para incentivá-lo a regularizar o débito.

O Segundo Comunicado pode ser enviado com ou sem boleto bancário, para o mesmo endereço ou um novo.

As vantagens ao se utilizar a Carta de Cobrança são inúmeras. Além de facilitar e localizar, de forma segura, clientes com débitos em aberto, a solução é um comunicado preciso no processo de cobrança e pode reduzir significativamente tempo e custos para cobrar dívidas.

Além disso, a Carta de Cobrança melhora, em média, 50% a recuperação de crédito, aumenta a lucratividade e otimiza as ações de cobrança, favorecendo acordos, renegociações e descontos.

Vale lembrar ainda que a Carta de Cobrança é, antes de tudo, uma comunicação entre empresa e cliente. Nela, deve estar identificado de maneira clara e objetiva o valor da dívida em atraso, o valor total do produto ou serviço contratado, número de contrato, se possível, indicadores da legislação e um telefone para contato.

Com o modelo de Carta de Cobrança ideal e a abordagem correta, empresa e cliente se entendem e mantém os negócios no azul. Veja nesse post quando usar a Carta de Cobrança. 

Carta de

Serasa Experian
Autor do artigo

Serasa Experian

A maior referência do país no serviço de informações para consumidores e empresas.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Resultado da busca